Legumes Termogênicos

Com os legumes termogênicos, é possível queimar gordura com mais rapidez e saúde.

Artigo publicado por Amanda nas categorias: Produtos

Hoje vamos lhe mostrar que é possível contar com o poder termogênico de alguns legume, para que você tenha uma vasta escolha para diversificar seu cardápio diário, otimizar os efeitos dos seus exercícios e manter a boa forma e vitalidade. Termogênicos são substâncias que geram calor no organismo através de estímulos no ritmo metabólico, fazendo com que o corpo “trabalhe mais acelerado”, e com isso o organismo queima mais energia, gordura. No entanto, esses termogênicos podem ser sintéticos, ou naturalmente encontrados em alguns legumes e outros vegetais. Por isso é importante conhecê-los bem para ter sempre a mão.

legumes-termogenicos

Controle do Peso

O controle de peso é uma abordagem de longo prazo para um estilo de vida saudável. Ele inclui um saldo de uma alimentação saudável e exercício físico para equiparar o gasto de energia e consumo de energia. Desenvolver hábitos alimentares saudáveis ao usar dicas que nos manterão mais cheios por mais tempo pode ser ferramentas úteis no controle de peso. Saber o que seu corpo precisa é importante para o controle de peso e pode controlar o consumo excessivo e subconsumo de alimentos. Então havendo o consumo desses legumes termogênicos, será possível fazer o corpo gastar mais energia sem que você não se sinta com fome. Vamos a eles:

Brócolis

Uma porção de 100 gramas de brócolis em bruto fornece 35 kcal e é uma excelente fonte (20% ou mais do valor diário) de vitamina C e vitamina K . Brócolis crus também contém quantidades moderadas (10-19% DV) de várias vitaminas B e mineral dietético manganês , enquanto outros nutrientes essenciais estão em baixo teor. Brócolos tem baixo teor de carboidratos, proteínas, gordura e fibra dietética;

Beringela

Nutricionalmente, berinjela crua é baixa em gordura, proteína, fibra dietética e carboidratos. Também fornece baixas quantidades de nutrientes essenciais, com apenas manganês com uma porcentagem moderada (11%) do valor diário. Mudanças menores na composição de nutrientes ocorrem com a estação, ambiente de cultivo (campo aberto ou estufa) e genótipo, mas é altamente digestivo, o que ajuda no funcionamento do intestino e fígado, gerando assim uma leve aceleração do metabolismo;

Pimentões

Os pimentões são ricas fontes de antioxidantes e vitamina C. O nível de caroteno, como licopeno, é nove vezes maior em pimentos vermelhos. Pimentões vermelhos têm o dobro do conteúdo de vitamina C de pimentão verde;

Pimenta Jalapeño

Em uma porção de 100 gramas, jalapeños crus fornecem 29 calorias e são uma excelente fonte (> 20% do Valor Diário) de vitamina C, vitamina B6 e vitamina E, com vitamina K em uma quantidade moderada. Proteína, fibra dietética, gordura e outros nutrientes essenciais são de baixo teor. Cuidado com a quantidade porque é bem ardida;

Aspargos

A água compõe 93% da composição dos espargos. São baixos em calorias e são muito baixos em sódio. É uma boa fonte de vitamina B6, cálcio, magnésio e zinco, e uma fonte muito boa de fibra dietética, proteína, beta-caroteno, vitamina C, vitamina E, vitamina K, tiamina, riboflavina, rutina , niacina , fólico Ácido , ferro, fósforo, potássio , cobre, manganês e selênio, bem como cromo, um mineral traço que aumenta a capacidade da insulina para transportar glicose da corrente sanguínea para as células.

Esses foram alguns dentre vários vegetais que fazem bem ao funcionamento do corpo e agilizam a perda a queima calórica. Esperamos que tenha gostado!




Comente!




*Campos obrigatórios

Os artigos desse site contém informações baseadas em pesquisas, estudos, consultas, experiências pessoais e livros. Deve-se sempre consultar um médico antes de tomar qualquer medida.