Exercicios de Ginástica Funcional

Conheça e aprenda sobre a ginástica funcional.

Artigo publicado por Amanda Bitte nas categorias: Exercícios

Ginástica funcional é um tipo de séries de exercícios projetados para que o praticante consiga emagrecer, aumentar a flexibilidade e o condicionamento físico através de treinos dinâmicos que mesclam várias capacidades físicas em um único exercício. Isso faz com que os exercícios sejam mais globais: Ao invés de se trabalhar alguns grupos musculares por vez, se trabalha o corpo todo desenvolvimento além de mais força muscular e flexibilidade, maior coordenação motora e equilíbrio.

O Que é a Ginástica Funcional?

Ginástica Funcional

Para se fazer a ginástica funcional são usados acessórios simples, sendo os principais a bola suíça, a medicine ball, o bosu, o mini trampolim, o cinto de tração e a theraband. A ginástica também usa muito o peso e a dinâmica do próprio corpo, existindo várias séries sem acessórios. Essa modalidade de ginástica não é recomendada para quem está planejando sair do sedentarismo, pois os exercícios são mais complexos e rápidos, sendo difícil para uma pessoa se adaptar se já não for familiarizada com exercícios físicos.

Quem já se sente capaz de fazer a ginástica funcional deve investir nesse tipo de exercício, pois seus benefícios são inúmeros. Ela proporciona um gasto energético maior ao organismo, fazendo com que a pessoa emagreça mais rápido e queime apenas a gordura, já que a musculatura também está sendo trabalhada.

Treinamentos Funcional

O treino consiste em um circuito de cinco exercícios que devem ser feitos seguidos um do outro sem nenhum descanso. O treino passa pelo circuito três vezes com descanso de dois minutos entre eles. Aumente a intensidade dos exercícios a cada passagem pelo circuito.

O primeiro exercício se chama avanço com ataque e deve ser repetido dezesseis vezes em cada perna, por circuito. Comece em pé com as pernas afastadas na largura dos quadril, dê um passo para à frente com uma das pernas e agache até que o joelho forme um ângulo de noventa graus e volte para a posição inicial; em seguida, repita com a outra perna.

O segundo exercício é a remada em suspensão. Para esse você precisa do TRX ou algo que o substitua. De frente para o equipamento e segurando suas alças, incline o corpo para trás até a coluna ficar alinhada. Mantenha os braços semiflexionados, puxe o corpo para frente e volte doze vezes. Para o terceiro exercício, use um elástico preso a um ponto fixo e se ponha de lado para o elástico com as pernas afastadas. Segure o elástico com as duas mãos e puxe para o lado girando levemente os quadris e volte. Repita quinze vezes por lado.

Exercício com Medicine Ball

 O quarto exercício é o agachamento com medicine ball. Fique em pé com as pernas na largura dos quadris e joelhos semiflexionados; segure a bola à sua frente, na linha dos ombros e agache até que o joelho forme um ângulo de noventa graus e volte à posição inicial. O agachamento deve ser repetido quinze vezes. O quinto exercício é a subida no banco, para o qual você vai precisar de um banco firme. Fique de frente para o banco com o pé esquerdo em cima e a perna direita embaixo e o corpo levemente inclinado. Em seguida, impulsione para cima com a perna em cima do banco e flexione a que estava no chão quando ela chegar no alto. Repita dez vezes com cada perna.

Amanda Bitte

Autora

Amanda Bitte é proprietária de uma clínica de emagrecimento e adora compartilhar novidades sobre bem-estar, saúde e principalmente emagrecimento.



Comente!




*Campos obrigatórios