Dieta do Mediterrâneo

A dieta do mediterrâneo é completa, indo muito além da perda dos quilinhos a mais e criando uma rotina equilibrada.

Artigo publicado por Amanda Bitte nas categorias: Dietas

Mesmo que seja o ideal para muitas mulheres dietas que foquem e prometam o tempo todo a perda de determinada quantidade de massa corporal em algum tempo, as dietas que têm como base o ganho de saúde podem ser muito mais benéficas para a beleza feminina. Um excelente exemplo disso é a dieta mediterrânea, uma dieta que revoluciona a alimentação cotidiana daquele que a segue, e que promove um ganho de saúde a médio e longo prazos, que pode evitar doenças, aumentar a longevidade e, com toda a certeza, emagrecer.

Essa dieta é baseada na alimentação da população de países banhados pelo mar mediterrâneo como Itália, Grécia, Líbia ou Marrocos. Esses países tiveram os hábitos estudados por pesquisadores de países estrangeiros, e foi detectada uma saúde significativamente melhor do que os outros países do ocidente, além da maior expectativa de vida em todo o mundo.

Como Funciona?

A dieta do mediterrâneo tem aproximadamente 1400 calorias diárias no total. A dieta é baseada principalmente em vegetais, como legumes, grãos e sementes, consumidos diariamente e em praticamente todas as refeições. Quando as carnes, a dieta segue uma linha de consumo de carne magra (alcatra, lagarto. etc.), e a quantidade desse consumo é reduzida a aproximadamente duas a três vezes por semana.

Peixes e vinhos são consumidos com frequência, e gordura, açúcar e produtos industrializados são consumidos com muita moderação. Além disso, por recomendação de muitos médicos e nutricionistas, frequentemente é acrescentada à rotina da dieta uma caminhada diária de 30 minutos.

cardápio da dieta do mediterrâneo

Por que a Dieta Emagrece?

Através do consumo de cereais, é alcançado na dieta do mediterrâneo um excelente nível energético, permitindo que a disposição para as atividades diárias e os exercícios físicos esteja sempre ali. Ainda sim, essa dieta promove uma redução do consumo de calorias, que passa a aproximadamente 1400 calorias por dia. Os legumes e as frutas inseridas no cardápio melhoram o funcionamento do intestino, reduzem o colesterol e possuem efeito anti-inflamatório, o que ajuda inclusive na redução da celulite.

Os peixes, ovos e aves contidos na dieta aumentam a quantidade de proteínas consumidas diariamente, aumentando a massa muscular e o gasto energético do corpo, reduzindo assim a massa de gordura de forma geral.

Quantos Quilos Posso Perder?

Observando a quantidade de calorias consumidas diariamente, normalmente a dieta do mediterrâneo seca 4 kg em um mês, da forma mais saudável possível , e isso quer dizer que você não precisa se preocupar com o efeito sanfona. Se exercícios físicos forem adicionados ao programa diariamente, essa perda pode chegar aos 6 ou até 8kg por mês, dependendo da intensidade dessa atividade. Lembramos apenas que a dieta do mediterrâneo é uma reeducação alimentar, e não serve para ser feita por duas semanas apenas.

Alimentos Permitidos

Nessa dieta consome-se: frutas e hortaliças, cereais, oleaginosas e leguminosas, peixes e carne magra, iogurtes, azeite de oliva e vinho tinto. Então prepare-se para uma dieta bastante saudável com pratos bem coloridos e equilibrados. O açúcar e os doces não são proibidos, mas são consumidos de forma regulada e moderada. Os produtos industrializados são reduzidos da mesma forma, mas tente retirá-los da sua mesa o máximo que puder.

Salada mediterrânea

Alimentos Proibidos

Os alimentos proibidos para essa dieta são os mesmos proibidos para todas as outras, mesmo que os criadores e divulgadores da dieta não incluam essa informação em todos os artigos relacionados à ela. Refrigerantes e alimentos processados (nuggets, hamburger, etc) não trazem qualquer benefício para o nosso organismo, e podem ser banidos da sua vida sem qualquer remorso. Ainda sim, o excesso de carne vermelha e de produtos industrializados(como o suco de caixinha, por exemplo) é condenado nessa dieta.

Cardápio

Café da Manhã

o1 copo de suco de laranja, suco verde ou combinado (frutas), 01 kiwi ou 1/2 mamão papaya ou 06 morangos, chá de hortelã ou suco de soja ou iogurte de soja com 01 colher de sobremesa de linhaça, 02 fatias de pão integral com grãos com requeijão ou geleia light, 02 castanhas de caju ou 01 colher de sopa de castanha picada.

Almoço

Salada de folhas verdes, alface, repolho, rúcula, agrião ou almeirão à vontade, temperados com 01 colher de sopa de azeite de oliva e vinagre balsâmico, acrescido de pouco sal, 03 colheres de arroz à grega ou arroz integral, 01 porção de lentilha ou feijão (na adaptação para a dieta brasileira), 01 colher de risoto de camarão ou filé de peixe ou de carne magra com molhos à sua escolha, 1/2 concha de grão de bico, brócolis ao molho ou couve-flor ou vagem cozida ou cenoura refogada, suco de laranja ou fruta da estação. Para sobremesa, 01 kiwi, pêssego ou banana.

Jantar

Saladas de tomate, folhas verdes, agrião ou alface (roxa ou americana) à vontade, couve ou salsão refogados, 02 casquinhas de siri ou filé de peixe ou risoto de frango, azeitonas e batata sauté, penne com atum ou 01 prato de tabule e suco de uma fruta da estação.

Lanches

01 fruta, 01 barrinha de cereais, 01 copo de suco de abacaxi com hortelã, 04 ameixas ou 02 damascos secos, 1/4 de abacate com adoçante ou açúcar mascavo, castanhas ou amêndoas ou castanhas de cajú, 01 taça de salada de frutas com granola.

Amanda Bitte

Autora

Amanda Bitte é proprietária de uma clínica de emagrecimento e adora compartilhar novidades sobre bem-estar, saúde e principalmente emagrecimento.



Comente!




*Campos obrigatórios