Dieta Da Usp

Aprenda mais sobre a dieta mais famosa do Brasil: a Dieta Da Usp.

Artigo publicado por Amanda Bitte nas categorias: Dietas

A dieta da USP foi uma dieta incrivelmente famosa nos anos noventa aqui no Brasil. Ela promete emagrecer quinze quilos em quinze dias e é incrivelmente restritiva. O cardápio é rico em proteínas e cumpre o que promete: Emagrece muito e rápido. Mas, ela também pode causar danos à saúde, trazer o efeito sanfona, deixa-la sem disposição e mal humorada.

Dieta da USP

  • A Universidade de São Paulo nunca confirmou ter feito esse cardápio. A dieta foi propagada pelo Brasil como sendo uma dieta projetada por especialistas em nutrição da USP, mas aparentemente, não é de lá que ela vem.
  • Por ser muito restritiva, a dieta da USP não pode ser estendida para mais de quinze dias, caso contrário, pode causar complicações nos rins e no coração. A dieta também pode causar alterações no sono, fraqueza, dores de cabeça e constipação no intestino. Além disso, causa sensação de estresse físico e emocional, deixando quem segue a dieta bastante irritadiço.
  • A dieta da USP tem um cardápio baseado em ovo, presunto e café, dando proteína e estimulante para que o corpo queime a gordura rapidamente. Ela também tem um limite diário de calorias bem baixo, sendo muito restritiva. Mas, esse cardápio causa, sim, o aceleramento do seu metabolismo, o que faz o corpo queimar a gordura, que é seu estoque de energia, com mais rapidez.
  • O regime também deve ser seguido com muita atenção e à risca, sem nenhuma alteração. Quem conseguir aguenta-lo por quinze dias, depois deve tomar cuidado para manter a perda de peso, caso contrário será vítima do efeito sanfona, que traz estrias e debilita a saúde. O ideal é sair da dieta, mas ir aumentando a quantidade de calorias diárias gradualmente; preferir comidas sem muita gordura, aumentar o carboidrato bem aos poucos e preferir o integral.

Nova Versão

Embora ainda seja uma dieta de emergência que promete secar um quilo por dia, a nova versão da dieta da USP é menos prejudicial à saúde. Ela inclui mais opções de carnes magras grelhadas e sem adição de óleo, saladas temperadas com limão, muitos chás e sucos cítricos sem açúcar, como limonada e suco de laranja, e a observação de se tomar muitos líquidos, pois a antiga dieta da USP era considerada muito diurética e acusada de mais eliminar líquidos do que gordura.

Essa nova versão ainda contém o básico: Um cardápio rico em proteínas, pobre em gordura e quase nada de carboidrato. A versão mais saudável também não pode ser feita por mais de quinze dias e é considerada uma dieta de emergência, que deve ser feita para quem precisa emagrecer muito rápido, como uma noiva antes do casamento, ou alguém que está se preparando para um evento importante. Ela não pode ser uma dieta feita com frequência, caso contrário, trará mais resultados negativos do que positivos.

É importante também acrescentar à dieta o exercício físico feito com frequência. Caminhar por vinte minutos todos os dias já sendo o suficiente. Mas, atenção, nada de malhar com muita intensidade, pois a dieta não dá forças pra isso.

Cardápio

O cardápio a seguir segue a nova versão da dieta da USP. São sete dias de cardápio que devem ser repetidos somente uma vez (somente duas semanas de dieta). se você sentir fome, pode acrescentar gelatina diet nos lanches e chás sem açúcar nos intervalos das refeições.

Primeiro Dia

Café da manhã: Café puro com adoçante e 1 biscoito salgado
Almoço: 2 ovos cozidos ou fritos sem ólao na panela antiaderente acompanhados de folhas verdes
Jantar: Salada feita com folhas verdes da sua escolha, tomate-cereja e pepino japonês

Segundo Dia

Café da manhã: Café puro com 2 biscoitos salgados
Almoço: 1 bife de alcatra ou outra carne magra grelhado acompanhado de  salada verde
Jantar: presunto magro ou peito de chester à vontade acompanhadode  salada verde e pepino japonês

Carne Magra com Salada

Terceiro Dia

Café da manhã: café puro com adoçante e gotas de limão
Almoço:  2 ovos cozidos ou fritos sem óleo na panela antiaderente acompanhados de salada verde
Jantar: peito de chester à vontade e  pepino japonês

Quarto Dia

Café da manhã: Café puro com adoçante e  2 biscoitos integrais
Almoço: omelete feito com 1 gema e 3 claras e e queijo minas frescal
Jantar: 1 taça de frutas: abacaxi, melão, melancia e kiwi e 1 copo de iogurte natural desnatado

Quinto Dia

Café da manhã: café puro com adoçante, gotas de limão e meia cenoura crua ralada
Almoço: peito d e frango grelhado ou cozido e desfiado à vontade de salada verde
Jantar: atum em água à vontade com mostarda

Sexto Dia

Café da manhã: Café puro com adoçante e 1 torrada integral light
Almoço: peixe branco grelhado à vontade de uma xícara de tomate picado
Jantar: omelete feito com 4 claras e 2 gemas e salada de pepino japonês com casca

Sétimo Dia

Café da manhã: café puro com adoçante e 1 biscoito salgado
Almoço: 1 bife de carne magra grelhado com salada de repolho branco à vontade
Jantar: atum em água ou peixe branco à vontade e salada de tomate cereja com pepino japonês com casca

Amanda Bitte

Autora

Amanda Bitte é proprietária de uma clínica de emagrecimento e adora compartilhar novidades sobre bem-estar, saúde e principalmente emagrecimento.



1 comentário

  1. ro

    A nova versão tem o quase o mesmo cardápio, e dois lanches, pela manhã 1/2 laranja ou 2 fatias de abacaxi e à tarde gelatina.

Comente!




*Campos obrigatórios