Dieta Da Lua

Veja as vantagens que a Dieta Da Lua pode fazer em sua luta de perda de peso.

Artigo publicado por Amanda Bitte nas categorias: Dietas

A dieta da lua é uma dieta de emergência muito famosa que promete perder um quilo por semana e é baseada nas mudanças da lua. O princípio que rege a dieta é que a lua influenciam nos líquidos de nosso corpo e, por isso, propõe ingerirmos somente líquidos hipocalóricos (com baixas calorias) durante o dia da mudança de fase da lua. Isso quer dizer que, por quatro dias do mês você deverá ingerir apenas chás, sopas batidas, café e iogurtes.

Cada fase da lua favorece uma parte do regime. A dieta funciona melhor se iniciada na mudança para a lua nova, pois ela favorece o controle da gula; durante a lua crescente, além da restrição de vinte e quatro horas é bom policiar o que come porque a tendência é engordar nessa semana; a lua minguante diminui a compulsão alimentar e a retenção de líquidos e a lua cheia já é quando mais se retém líquido no corpo.

Fases da Lua

A dieta não tem nenhum respaldo científico ou de nutricionistas especializados em dietas. Alguns especialistas dizem que não há problemas com esse princípio, portanto que junto com a dieta, seja feita uma reeducação alimentar. Assim, ela pode durar meses, até que a pessoa atinja seu peso ideal, quando a pessoa já terá se acostumado com uma nova forma de se alimentar e não voltará a comer mal como antes da dieta. As restrições nos dias de transição da lua ajudariam a perder os quilos mais rápidos, enquanto a reeducação alimentar ajudaria a manter essa perda de peso.

Como Funciona

  • A pessoa deve primeiro ter um calendário. É melhor que seja calendários daqueles que mostram o mês inteiro em uma folha, com os dias de mudança da lua e que fique na cozinha, para que quem esteja de dieta sempre se lembre dos dias em que não pode comer comida sólida.
  • Nesses dias de transição, só se pode tomar sopa de legumes ou verduras, suco, café, chá e água, muita água. Recomenda-se tomar dois sucos de frutas pela manhã, de preferência sucos diferentes e com duas horas de intervalo entre os dois. As sopas batidas devem substituir as principais refeições e, apesar de poderem ser feitas com vários tipos de legumes, recomenda-se excluir a batata desse grupo.
  • À tarde, recomenda-se tomar um suco de fruta, de preferência com muita fibra, a cada duas horas. Pode-se também alternar com sucos de hortaliças e verdura, como tomate, manjericão, aipo, espinafre e couve. No jantar, outro prato de sopa batida. Mantenha esse ritmo por vinte e quatro horas e volte a comer normalmente no resto da semana, mas com moderação para não acabar compensando o dia de restrição da dieta.
  • A dieta da lua pode dar a sensação de fraqueza nos dias de restrição ou nos dias logo após o mesmo. É importante comer com equilíbrio nos outros dias para que seu corpo não sinta tanto a falta de algumas proteínas, carboidratos e outros nutrientes. Também é importante ter um cardápio de sucos e sopas bem variado, com bastante nutrientes.

Dieta da Lua

Exemplo de Cardápio

Abaixo, um exemplo de cardápio para o dia de transição de fase da lua.

Café da Manhã:

Suco de laranja sem açúcar

Lanche da Manhã

Vitamina de morango

Almoço

Sopa de chuchu, brócolis, couve-flor, caldo de carne, cenoura, tomate, abobrinha, abobra e berinjela. Cozinhe tudo, tempere com pouco sal e bata no liquidificador.

Lanche da Tarde

Suco de Maçã

Lanche da Tarde 2

Suco de couve

Jantar

Sopa ingerida no almoço

Ceia

Chá de erva-cidreira e suco de maracujá com adoçante ou pouco açúcar

Amanda Bitte

Autora

Amanda Bitte é proprietária de uma clínica de emagrecimento e adora compartilhar novidades sobre bem-estar, saúde e principalmente emagrecimento.



Comente!




*Campos obrigatórios