Carboxiterapia

Conheça o que a Carboxiterapia pode fazer para o seu bem estar estético.

Artigo publicado por Amanda Bitte nas categorias: Estética

Uma das técnicas de melhoramento estético que não consiste em cirurgia, a carboxiterapia vem sendo muito falada ultimamente como um procedimento que resolve muitos problemas estéticos, entre eles a celulite, estria, flacidez, gordura localizada e até estimulação de crescimento capilar.

O tratamento hoje é um dos mais realizados nas mulheres, principalmente porque suas promessas de acabar com a celulite, a gordura localizada e a flacidez são as que mais apelam às mulheres de atualmente. Gordura localizada, celulite e flacidez são problemas que incomodam um grande número de mulheres e qualquer tratamento que prometa acabar com elas ganhará muita atenção.

Carboxiterapia

Porém, a carboxiterapia já ganhou fama de ser muito dolorosa e de ser quase impossível para quem tem fobia de agulhas. O tratamento também produz resultados depois de várias sessões, não sendo muito rápido. As sessões devem ser feitas de quinze em quinze dias e, depois que passa o tempo de tratamento, deve-se fazer retoques entre seis a dez meses. O tratamento exige, assim, um comprometimento muito grande das pacientes.

Como Funciona

O tratamento consiste na aplicação de CO2, ou dióxido de carbono, ou ainda gás carbônico, sob a pele da paciente. O gás deve agir sob o tecido subcutâneo melhorando a circulação e a oxigenação dos tecidos. O gás também estimula a produção de colágeno e destrói as células de gordura, combatendo assim flacidez, gordura localizada e celulite.

A carboxiterapia pode ser aplicada em diversas partes do corpo: Nas nádegas e coxas combate a celulite, a retenção de líquidos e a gordura localizada; no rosto costuma-se usar esse tratamento para combater a flacidez e no abdômen, braços e costas também combatem gordura localizada, flacidez e celulite.

Como Funciona

As Vantagens da Carboxiterapia

Apesar de ser lento, o processo traz resultados se feito conforme as indicações dos médicos estéticos ou da clínica. Quem passa por todo o processo, garante que realmente há melhora na questão da gordura localizada, flacidez, estrias e celulites. Muitas mulheres também dizem que, no rosto, a carboxiterapia pode melhorar a acne. Médicos que fazem lipoaspiração, recomendam fazer o tratamento depois da cirurgia, para combater a flacidez que pode acontecer quando se perde muita gordura de uma vez.

O tratamento traz para as pacientes uma pele mais lisa e uniforme já na terceira sessão. O tratamento não deixa sequelas, e os médicos atestam que o gás age na área em que é aplicado, mas depois é eliminado pela respiração. Por ser um gás comum às trocas e ao funcionamento do organismo, o gás carbônico não causa nenhum dano ao corpo.

As Desvantagens da Carboxiterapia

Mulheres grávidas ou que estão amamentando não podem passar pelo procedimento, e as que possuem problemas hormonais devem ser avaliadas com cuidado antes. O tratamento também não é recomendado para mulheres com muito sobrepeso, pois esse é um problema mais sistêmico que pode causar sérios danos para saúde, e não somente um problema estético.

A maior parte das mulheres reclamam que o tratamento é bastante doloroso, deixando ainda uma sensação de dormência ou ardência e pequenos hematomas no local.

Quer saber ainda mais sobre a carboxiterapia? Assista ao vídeo abaixo:

Amanda Bitte

Autora

Amanda Bitte é proprietária de uma clínica de emagrecimento e adora compartilhar novidades sobre bem-estar, saúde e principalmente emagrecimento.



Comente!




*Campos obrigatórios