Benefícios de Cada Tipo de Arroz

Versatilidade carregada de saúde e energia!

Artigo publicado por Amanda Bitte nas categorias: Bem Estar

Mesmo não sendo regra geral, é difícil imaginar uma refeição, excluindo-se os pratos únicos, em que o arroz não esteja presente. O Brasil é o 9º produtor mundial do cereal. Consumido no mundo inteiro, ele é um alimento que está entre os mais populares. Conheça alguns tipos de arroz e os benefícios que eles trazem à saúde!

arroz integral

Popular e saudável

O arroz é o grão considerado base da alimentação de quase metade da população mundial. Se fazendo presente em várias culturas gastronômicas, ele é de extrema versatilidade, e há muito tempo deixou de ser coadjuvante em pratos mais elaborados, passando a ser o prato principal.

No Brasil, o estado do Rio Grande do Sul é o principal produtor, e também trabalha muito para difundir mundo afora os benefícios do grão. Também fazem parte dos principais estados produtores Santa Catarina e Mato Grosso.

Para a saúde, o arroz contribui de inúmeras formas, sendo um alimento que proporciona energia, ajuda na formação de glóbulos vermelhos e também na regeneração celular, além de vários outros benefícios característicos de cada tipo existente.

Principais tipos de arroz e suas vantagens para a saúde

Podemos destacar entre os vários tipos de arroz existentes, os seguintes com suas características:

Arroz branco:

ou também conhecido como arroz polido, é o arroz mais popular e conhecido, mas também é o menos nutritivo. O processo de beneficiamento industrial ao qual ele é submetido causa perda de algumas vitaminas e minerais. Mesmo assim, é uma opção com proteínas e é uma boa fonte de carboidratos. Ele também tem a vantagem do rápido cozimento.

Arroz parboilizado:

ele também é processado industrialmente, porém ele passa por um tipo de tratamento que visa deixar os grãos mais nutritivos. Por isso, ele concentra mais vitaminas, principalmente as do complexo B, e também minerais.

Arroz Integral:

a diferença desse arroz está na camada de fora do grão, a qual permanece intacta, portanto conservando seus importantes micronutrientes, de forma especial, as vitaminas do complexo B. Sempre que for prepara-lo prefira a panela de pressão, para que os micronutrientes não tenham descaracterização das suas potencialidades.

Arroz preto:

vem a ser uma variedade do arroz integral. Poderoso antioxidante, rico em compostos fenólicos e com generosas quantidades de ferro, um mineral essencial contra a anemia. O sabor é mais “forte”, fato que pode não agradar a todos os paladares, mas compensa pelo bem que faz à saúde. Uma das formas de deixar o sabor mais ameno é misturá-lo ao arroz parboilizado ou ao integral, em proporções desejadas.

Arroz vermelho:

não muito conhecido no Brasil, esse tipo possui, como o nome indica, os grãos avermelhados. Ele é mais uma variação integral que contem uma estatina natural chamada monocolina, que é forte auxiliadora na diminuição das taxas de LDL (colesterol ruim). Apoia no funcionamento intestinal, sendo indicado para esse tipo de problema. Ele deve ser cozido da mesma forma que o arroz comum, tradicional, e ser escorrido antes de servir, para que não fique “empapado”.

Arroz arbóreo:

bastante utilizado pelos italianos, e logicamente por muitos brasileiros ao prepararem um delicioso risoto. Devido ao amido ele possui uma consistência mais cremosa, e exatamente devido a essa consistência ele absorve bem qualquer tipo de condimento, além de ser o ideal para o preparo de “arroz doce”.

tipos de arroz

Existem muitos outros tipos de arroz, com peculiaridades diferentes, mas estes são os mais conhecidos e interessantes para o consumo de quem busca uma alimentação equilibrada versátil e saudável!

Amanda Bitte

Autora

Amanda Bitte é proprietária de uma clínica de emagrecimento e adora compartilhar novidades sobre bem-estar, saúde e principalmente emagrecimento.



Comente!




*Campos obrigatórios