Alimentos Ricos Em Ferro

Conheça alimentos que são ricos em ferro e são importantes para sua alimentação.

Artigo publicado por Amanda Bitte nas categorias: Bem Estar

Alimentos ricos em ferro são importantes para todas as fases da vida e sua ausência pode causar anemias. Apesar de ser importante para pessoas de todas as idades e gêneros, o ferro é particularmente importante para gestantes, idosos e bebês que precisam de mais ferro do que o normal. Mulheres em idade fértil também irão precisar de mais ferro do que homens.

O maior problema de uma dieta pobre em ferro é a anemia, que traz baixo desempenho nos estudos, no trabalho e nos exercícios físicos, fraqueza, cansaço, dificuldade de concentração, tontura, irritabilidade, perda de apetite, falta de ar, palidez na parte interna dos olhos e dos lábios.

A anemia é caracterizada pela deficiência no número ou tamanho das células sanguíneas, os chamados glóbulos vermelhos, que carregam o oxigênio e o gás carbônico no organismo, ou seja, fazem parte do processo de respiração das nossas células. A baixa ingestão de ferro causa essa doença porque ele é usado na produção das células sanguíneas.

Alimentos Ricos em Ferro

Para uma Dieta Rica em Ferro

É importante incluir na dieta diária vários alimentos que possuem ferro para não ter problemas como a anemia. De fonte animal, os alimentos mais ricos em ferro são costelas de porco (3 mg de ferro por cem gramas do alimento), vitela (3.6 mg), cordeiro (2.2 mg), fígado de vitela (10.6 mg), farinha de peixe (41 mg), mexilhão cozido (6 mg), gema de ovo (5.87 mg).

De origem vegetal temos pão de cevada (6.5 mg), pães integrais e enriquecidos (4.5 mg), cereais (4.5 mg), aveia crua (4.5 mg), salsa (3.1 mg), grão de bico (1.4 mg), ervilha cozida (1.9 mg), lentilha cozida (2.44 mg), agrião (2.6 mg), beterraba crua (2.5 mg), grãos integrais ou enriquecidos (7.1 mg), nozes (7.1 mg), castanhas (7.1 mg), feijão (7.1 mg), melado de cana de açúcar (4.2 mg), rapadura (4.2 mg), açúcar mascavo (4.2 mg), pimentão (8.7 mg), chocolate meio amargo (4.4 mg).

Castanhas São Ricas em Ferro

Como Consumir

Entre esses grupos os alimentos de origem animal possuem uma grande vantagem: Entre vinte e trinta por cento do ferro ingerido é absorvido pelo organismo enquanto que apenas cinco por cento do que é ingerido em alimentos de origem vegetal é absorvido pelo organismo. Quem está com anemia, ou com perigo de anemia, e não come carne deve também aumentar o consumo de vitamina C, pois ela melhora a absorção do ferro. Os alimentos de origem animal não precisam dessa ajuda, mas os de origem vegetal sim.

No caso, como a vitamina C é uma vitamina bem volátil, é importante consumir uma fonte dela junto com a fonte do ferro, como comer uma laranja de sobremesa depois de comer feijão no almoço. Já o cálcio faz o efeito contrário, sendo um inibidor da absorção do ferro, por isso os alimentos ricos nele, como os laticínios, não devem ser consumidos nas primeiras refeições por quem está com deficiência de ferro. Também se recomenda deixar os alimentos integrais para refeições menores como lanches e café da manhã, pois esses alimentos também possuem inibidores da absorção do ferro.

Amanda Bitte

Autora

Amanda Bitte é proprietária de uma clínica de emagrecimento e adora compartilhar novidades sobre bem-estar, saúde e principalmente emagrecimento.



Comente!




*Campos obrigatórios